Destaques

Painéis de São Vicente

Nuno Gonçalves - Óleo (?) e têmpera sobre madeira de carvalho - c. 1470

Obra de enorme importância simbólica na cultura portuguesa e singular “retrato coletivo” na história da pintura europeia.


ver mais


O Inferno

Mestre português desconhecido - Óleo sobre madeira de carvalho - c. 1510-1520

Peculiar imagem do Inferno onde o demoníaco é associado ao universo extraeuropeu.


ver mais


Santo Agostinho

Piero della Francesca - Têmpera sobre madeira de choupo - c. 1465

Parte de um retábulo hoje disperso por vários museus (e cujo painel central desapareceu), esta obra prova a genialidade de Piero della Francesca.


ver mais


Salomé com a Cabeça de São João Batista

Lucas Cranach, o Velho - Óleo sobre madeira de carvalho - c. 1510

Extraordinário exemplo do peculiar e vasto universo feminino da obra de Cranach, onde a graça e a voluptuosidade podem ser emblemas de virtude ou de sedutora perversão.


ver mais


São Jerónimo

Albrecht Dürer - Óleo sobre madeira de carvalho - 1521

Obra-prima de Dürer constitui uma solução inovadora na iconografia e nas formas de representação pictórica do santo patrono dos humanistas cristãos.  


ver mais


Tentações de Santo Antão

Jheronymus Bosch - Óleo sobre madeira de carvalho - c. 1500

Assinado por Bosch, este tríptico integra os quatro elementos do Universo (céu, terra, água e fogo) tornando-os cenário de personagens horrendas.


ver mais


São Leonardo

Andrea della Robbia (Florença, 1435-1525) e Girolamo della Robbia (Florença, 1488-Paris, 1566), atrib. - Barro modelado, policromado, cozido e vidrado - 1501-1513

Chegada a Portugal por volta de 1514, para o Mosteiro dos Jerónimos. Diz a tradição que este grupo de imagens foi uma oferta do Papa Júlio II a D. Manuel I.


ver mais


Fonte Bicéfala

desconhecido - Pedra (calcário) - 1501-1515

Peça enigmática quanto à sua origem, e formalmente isolada, associa duas cabeças coroadas e dois escudos com as divisas de D. Manuel I e de D. Leonor.


ver mais


Cruz de D. Sancho I

desconhecido - Ouro, safiras, granadas, pérolas e aljôfares - 1214

Mandada lavrar por D. Sancho I, nos inícios da nacionalidade, para o Mosteiro de Santa Cruz, em Coimbra.


ver mais


Custódia de Belém

Gil Vicente - Ouro e esmaltes policromos - 1506

A mais célebre obra da ourivesaria portuguesa, pelo seu mérito artístico e pelo seu significado histórico.


ver mais


Relicário

Mestre João - Ouro, esmaltes, pérolas, diamante, cristais de rocha e cabuchões de esmeraldas e rubis - c. 1510

Conhecido como Relicário da Rainha D. Leonor (1458-1525) é uma peça ímpar na produção artística em Portugal.


ver mais


Centro de Mesa

Thomas Germain (ativo 1720-1748) e François-Thomas Germain (ativo 1748-1791) - Prata fundida, repuxada, gravada e cinzelada - 1729-1731

Encomenda do duque de Aveiro ao mais célebre ourives da sua época, Thomas Germain.


ver mais


Saleiro

desconhecido - Marfim - primeiro quartel do século XVI

Notável e raro exemplo das peças que chegavam a Lisboa nos séculos XV e XVI, provenientes da costa ocidental africana.


ver mais


Pote

desconhecido - Porcelana moldada e pintada - Dinastia Ming, período de Wanli, c. 1575-1600

Com as viagens dos portugueses ao Oriente, começaram as encomendas de porcelana da China, de que este pote é um importante exemplo.


ver mais


Biombos Namban

1º par: selo de Kano Naizen (1570-1616). 2º par: Kano Domi (atrib.) - Engradado de madeira revestido de papel, folha de ouro, pintura policroma a têmpera, seda, laca, cobre dourado - 1º par: c. 1606

Importantes documentos históricos e artísticos sobre as relações entre Portugal e o Japão, retratam a chegada das naus portuguesas ao porto de Nagasáqui.


ver mais